Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



AFINAL TER UM BEBÉ SAI BARATO

por Crónicas da Maternidade, em 19.10.14

Seguindo opiniões e dizeres, eu estava preparada para ter de vender todo o património que não tenho depois de ter um bebé. Contudo, desenganem-se aqueles que acham que um bebé custa milhares de euros.

 

Ora veja-se: tendo um bebé na altura certa - há que apontar para o auge da gravidez no Natal - poupa-se em variadíssimas frentes:

1) nas prendas de Natal vão logo uns quantos euros pois passarinhar em centros comerciais com 15 kg a mais não é viável;

2) a seguir ao Natal seguem-se os saldos, onde pela 1ª vez não vamos por os cotos pois entre mamas, fraldas e muuuuito sono nem pensamos nos trapinhos a preço acessível;

3) no meio disto esquecemo-nos e perdemos uns tantos aniversários;

4) jantares fora, vinho para festas e jantares, tabaco, táxis e outros adornos da vida boémia vão ou já foram todos com o catano; 5) tendo a criança a comer da maminha; diria que acho que a vida se tornou surpreendentemente mais barata que nos últimos anos.

Começo a considerar usar fraldinhas de pano e lava-las na água do banho e ainda apareço no telejornal com a reportagem do Boom Festival.

publicado às 09:23



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D