Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



QUEM MANDA NO TEMPO?

por Crónicas da Maternidade, em 19.10.14

A minha relação com o tempo é uma relação do género apaixonado: estamos constantemente a mudar o passo e nunca percebo se está tudo bem ou mal!

O tempo tem uma velocidade imensurável: é lento para a minha filha adormecer e para passarem as suas constipações.

Mas é rápido quando quero que ela durma para eu conseguir fazer alguma coisa. E também é rápido quando nos estamos a divertir na rua e temos de vir para casa porque está na hora da sesta dela.

É lento quando quero que passe o inverno ou a fase dos dentes.

Mas é rápido quando me sento para ver um filme e nem meia hora consigo ficar acordada.

Mas, quando começo a arrumar a roupa da Clara, percebo de repente que o tempo é na verdade demasiado rápido a amadurecer o meu pequeno ser e a transformá-la num ser maior. Menos meu, mais do mundo.

O tempo tem sido, de facto, demasiado rápido a torná-la num ser maior. Agarro-me a que seja maior em todos os sentidos.

 

10641254_1497703683820842_5999771401659838585_n.jp

 

publicado às 20:56



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D